Sindicato dos Trabalhadores

Sindicato dos Trabalhadores

Hora Digital

terça-feira, 22 de julho de 2014

Vítima de assalto reage e consegue imobilizar infrator na parte alta de Penedo


Roberto Miranda - aquiacontece.com.br
Adolescente que estava a caminho da escola teve o apoio de um popular que presenciou tudo
Uma tentativa de ato infracional na manhã desta terça-feira (22), não acabou bem para o menor que tentou levar um aparelho de celular de um estudante a caminho da escola. O adolescente acabou sendo imobilizado e levado para à 7ª Delegacia Regional de Penedo.
O estudante passava pela Travessa Mário Freire Leahy, bairro Vitória, quando foi abordado por um jovem, com a mão por baixo da camisa, simulando uma arma de fogo. A vítima percebeu que não se tratava de arma, quando entrou em luta corporal com o infrator.
Um mototaxista que passava no exato momento, parou e de imediato foi ajudar o estudante. “Percebe que se tratava de uma tentativa de assalto. O infrator era mais forte que o garoto do celular, se eu não tivesse parado para prestar socorro, ele teria levado uma surra e ainda perderia o celular. Fiz a minha parte. Então, o imobilizamos e chamamos a polícia, que agora também a sua parte”, detalhou o profissional, pedindo para não revelar o seu nome.
Com o menor infrator imobilizado, populares ligaram para o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), que enviou uma equipe do Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes), que conduziu o infrator até a 7ª Delegacia Regional de Penedo, para que os procedimentos cabíveis fossem adotados.
por Roberto Miranda

galeria


Com o apoio da comunidade, polícia estoura ponto de comercialização de drogas em Penedo


Roberto Miranda - aquiacontece.com.br
Gilson da Conceição Pinheiro é natural de Teotônio Vilela e veio ‘comercializar’ na cidade
Uma simples ligação anônima e dois meses de investigação, culminou com o fechamento de um pontode comercialização de drogas na parte alta de Penedo, no início da tarde desta terça-feira (22), no Conjunto José Morais Lopes, também conhecido por COAHB. E a prisão de um suspeito por tráfico de drogas.
“Há cerca de dois meses, uma ligação para o Centro de Operações Polícia Militar (Copom), do 11º BPM, informava sobre a possível existência de um ponto de comercialização de drogas na COAHB. Iniciamos otrabalho de monitoramento, e nesta tarde, revolvermos agir. Eram três casebres alugados, sendo que um, ele escondia a droga e vendia por uma pequena janela na porta de madeira, reforçada por uma grande de ferro, para dificultar a entrada da polícia. E no interior, apreendemos 31 pedras de crack e 44 papelotes de maconha prensada e duas armas brancas”, detalhou o militar que participou da ação.
Além da droga, foram encontrados R$ 54 em espécie, dinheiro proveniente da venda das drogas, o que contribui cm o flagrante por tráfico, contra Gilson da Conceição Pinheiro, 21 anos. Em depoimento, ele disse que é natural de Teotônio Vilela e estava em Penedo para comercializar.
Segundo a PM, as investigações continuam para descobrir quem manda a draga para ser vendida em Penedo. “Ele é pequeno. Agora precisamos descobrir quem envia, o grande fornecedor, o traficante maior. Aproveito para pedir que a população continue ligando para denunciar através do Disk Denúncia de Alagoas, através do número 181, ou para (82) 3551-4734, o sigilo é garantido. O apoio da população é fundamental no combate ao crime ”, observou o militar.
A droga comercializada na Rua Arizona, COHAB, era repassada por R$ 5, o papelote de maconha prensada e por R$ 10, a pedra de crack. Gilson da Conceição Pinheiro, 21 anos, que é natural de Teotônio Vilela, foi conduzido por uma guarnição do Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes), até à7ª Delegacia Regional de Penedo, onde os procedimentos cabíveis foram adotados.
por Roberto Miranda

galeria

Loja revendedora de motocicletas é assaltada na parte alta de Penedo


Arquivo - aquiacontece.com.br
Estabelecimento comercial fica localizado nas imediações do Trevo de Bom Jesus dos Navegantes
Um estabelecimento comercial que fica localizado no Trevo de Bom Jesus dos Navegantes, na parte alta do município de Penedo, e que trabalha com a revenda de motocicletas do modelo Shineray foi assaltado no final da tarde desta segunda-feira, 21, por dois indivíduos armados.
De acordo com o 11º Batalhão de Polícia Militar, os criminosos chegaram ao local em uma motocicleta de características não anotadas. Enquanto um entrou na loja para anunciar o assalto, o outro permaneceu na porta dando apoio a ação e preparado para fugir assim que o crime fosse consumado.
Ainda segundo as informações policiais, o criminoso que entrou na loja armado com um revólver calibre 38 conseguiu subtrair 02 celulares, 01 notebook e R$ 3.600,00 em espécie. Em seguida, os criminosos fugiram tomando destino ignorado. O 11º BPM chegou a realizar rondas pela região, mas não conseguiu localizar nenhum suspeito de ter participado do crime.
Quem tiver alguma informação sobre os envolvidos no assalto pode entrar em contato com o Disk Denúncia da Polícia Civil de Alagoas através do número 181. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar. Vale lembrar que também pode responder criminalmente por Receptação aquele que comprar produto proveniente de roubo. O caso será investigado pela Delegacia Regional de Penedo.
por aqui acontece

Ultrapassagem provoca acidente entre caminhonete e ônibus

 - Deixe seu comentário
(Foto: Josival Meneses7Segundos)











Uma colisão entre um ônibus e uma caminhonete na manhã desta terça-feira (23), nas proximidades da Rua Manoel Leal, bairro Cacimbas, em Arapiraca, deixou o trânsito lento no local. Segundo informações de testemunhas, uma Hilux branca, de placa OHE 5232, colidiu com um ônibus da empresa RM viação ao tentar uma ultrapassagem em um quebra-molas.
Os veículos seguiam no mesmo sentido, e ao tentar a ultrapassagem a condutora da Hilux abriu de mais ao fazer a curva, chegando a colidir no ônibus. A colisão acabou provocando apenas danos matérias para os condutores, e a condutora da caminhonete acabou notificada por ultrapassagem em local indevido. Agentes da polícia estiveram no local e após procedimentos os veículos foram liberados e o trânsito retornou ao normal.
 
Por: 7Segundos

Galeria de fotos

Em Arapiraca, familiares e amigos realizam cortejo fúnebre com música e fogos

 - Deixe seu comentário
(Foto: Reprodução)
Festa, faixas, carro de som e fogos, ninguém imagina que esse seja o cenário de um cortejo fúnebre, mas o fato inusitado aconteceu na tarde desta segunda-feira (21), em Arapiraca, para realizar a passagem de Heleno Matias da Silva, de 35 anos, que faleceu no último domingo, após ser vítima de um acidente de moto.
Durante o cortejo, não se via tristeza, os parentes e amigos justificaram que a vítima era uma pessoa irreverente e alegre e resolveram realizar o cortejo de maneira animada condizente com o que Heleno foi em vida.
O cortejo saiu da casa onde Heleno morava e passou na frente do bar onde ele trabalhava. “No lugar de dar tristeza, nós buscamos alegria. Ele era uma pessoa que gostava de farra e não conseguia ver ninguém triste, era uma pessoa muito boa”, declarou Vânio Lima, que se identificou como amigo-irmão de Heleno.
Vãnio contou que realizar o cortejo desse modo foi uma decisão da família e dos amigos. “Até a mãe dele preferiu assim. No cemitério a gente não via ninguém triste”, disse ele.
O amigo do morto afirmou nunca ter participado de um cortejo assim, mas colocou que Heleno era uma pessoa alegre a não gostaria de ver as pessoas chorando.
Fatalidade
O acidente que vitimou Heleno ocorreu na Avenida José Alexandre, próximo a Unidade de Emergência do Agreste, na manhã do último domingo (20).
Ele conduzia uma Honda CG 140 e teria perdido o controle da motocicleta. No momento do acidente sua esposa estava na garupa na moto, ela sofreu apenas escoriações.
Confira o vídeo do cortejo aqui
 
Por: 7 segundos

Após sofrer acidente, paciente é preso por porte ilegal na UE

 - Deixe seu comentário
(Foto: Josival Meneses/ 7 Segundos)











Após sofrer um atropelamento, a vítima foi encaminhada para Unidade de Emergência do Agreste, localizada em Arapiraca, mas acabou sendo preso por porte ilegal de arma de fogo, na tarde desta terça-feira (22).
Cícero Joaquim de Santana, de 53 anos, conduzia uma motocicleta e colidiu com outro motociclista, que fugiu do local. O fato aconteceu próximo a AL-220, em um local conhecido como Igrejinha, em Arapiraca.
De acordo com os policiais, a arma apreendida o acusado era pintada, o cano era azul e a munições também estavam pintada de rosa.
A vítima foi levada para Unidade de Emergência, mas não quis ser atendido. Na Unidade foi descoberto que Cícero portava uma arma calibre 38, a polícia foi acionada.
Ao ser medicado, o infrator foi levado para a Central de Polícia, onde vai ficar detido e terá que pagar fiança.
 
Por: 7 segundos

Galeria de fotos

Polícia segue sem pistas de homem que estuprou jovem no Santos DumontSegundo Delegacia da Mulher, não há suspeitos e a investigação permanece inconclusa

Larissa Bastos
Um mês após o estupro de uma mulher de 22 anos em um motel no Santos Dumont, na parte alta da capital alagoana, a Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) não tem qualquer pista quanto ao suspeito do crime. Segundo a Delegacia da Mulher, responsável pelo caso, as investigações ainda seguem, mas sem nenhuma evolução.

A delegada Maria Tereza disse, nesta terça-feira (22), que a elucidação está difícil. “Nem suspeito temos, ou qualquer um em vista. Mas continuamos tomando depoimentos. Não podemos revelar mais nada, pois, a investigação segue sob sigilo”, disse ela, lembrando que o retrato falado do criminoso já foi descartado.

“O retrato falado feito com base nas informações da vítima não ajuda em nada, pois, o homem está de óculos escuros e boné. Não temos como visualizar o rosto, então, não há como identificá-lo. Os depoimentos também não ajudam, pois, as pessoas têm medo de se comprometer”, afirmou a delegada.

A PC teve acesso às imagens das câmeras do motel, que não foram úteis às investigações, e está analisando imagens de lojas no entorno – que também não têm ajudado, por estarem muito longe do local do crime.

O estupro aconteceu no último dia 23 de junho, quando a mulher, que chegava ao local de trabalho, foi abordada dentro de seu veículo, no bairro do Farol, e levada a um motel no Santos Dumont.

O criminoso – que teria cerca de 30 anos, pele branca e olhos claros, além de ser magro – fugiu no carro da vítima, um Renault Clio branco, e levou objetos e dinheiro da jovem. Durante o depoimento, ela disse que o homem revelou que o carro seria usado para a prática de um crime de homicídio e, posteriormente, devolvido.

Qualquer informação sobre o acusado deve ser repassada à polícia por meio do Disque Denúncia, no 181.
fonte gazetaweb
Chacina do Feitosa: suspeita de que alvo era apenas uma vítima 'segue forte'Delegado do caso, porém, afirma que ainda não há suspeitos do crime que deixou quatro mortos, sendo três da mesma família

A Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) segue a investigar as circunstâncias em torno da chacina registrada na madrugada de domingo (20), no bairro do Feitosa, em Maceió, e que deixou quatro pessoas mortas – sendo três da mesma família. O delegado do caso, Lucimério Campos, disse, nesta terça-feira (22), que estão sendo tomados depoimentos de moradores da localidade e de pessoas próximas às vítimas. Além disso, informou que a linha de investigação 'mais forte' é a de que apenas uma das vítimas seria o alvo dos bandidos.

Isso porque, segundo o delegado, apenas Itamar Franklin Barbosa, de 17 anos, seria o alvo dos bandidos. As demais vítimas – Maria Aparecida Barbosa, 46 anos, Rayane dos Santos Lessa, 20, e Shammara Barbosa Leal, 19 – teriam sido mortas como queima de arquivo.

“Essa é a linha mais forte desde o primeiro momento, já que Itamar tinha passagem pela polícia por envolvimento com tráfico de drogas. Mas nada foi descartado, ainda. Essa não é a única linha de investigação”, ressaltou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, a polícia não tem suspeitos, nem da autoria material, e nem intelectual. "Mas as investigações estão sendo feitas. Estamos 'tocando' o inquérito. Já voltamos ao local para colher mais provas e vamos fazer novas oitivas. Contudo, precisamos também manter o sigilo para que consigamos elucidar este crime o quanto antes”, emendou.

As vítimas dormiam no momento em que tiveram a casa arrombada, na Rua São João.
De acordo o Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), por volta de 1h30, homens armados invadiram a residência e efetuaram disparos contra Itamar, que estava na sala. Depois, dirigiram-se a um quarto e mataram a mãe, a irmã e a namorada da irmã dele.
fonte gazetaweb
O desembargador eleitoral André Carvalho Monteiro, do TRE/AL  que analisa o pedido de registro da candidatura de Eduardo Tavares (PSDB) ao governo, deu um despacho no processo que tirou o sono de muitos tucanos nos últimos dias. O que magistrado questiona é a elegibilidade ou inelegibilidade, em função da condição especial de ET, que como membro do Ministério Público Estadual tem legislação diferenciada e restritiva para a atividade político-partidária.
Por conta do despacho do juiz surgiram nos últimos dias boatos sobre  uma possível desistência de ET da candidatura ao governo. Apenas boatos.
A coligação e o candidato já apresentaram a sua defesa.
No despacho, data do último dia 18, o desembargador pede que o candidato informe se se licenciou ou não do Ministério Público a partir de setembro de 2013 e que comprove a data de sua filiação partidária, entre outras questões:
DESPACHO
A COLIGAÇÃO UM NOVO JEITO DE FAZER (PSDB / PRB) requer o registro de candidatura de EDUARDO TAVARES MENDES para concorrer ao cargo de governador nas Eleições de 2014.
De início, cumpre esclarecer que pode a Justiça Eleitoral examinar, de ofício, a satisfação das condições de elegibilidade e causas de inelegibilidade, conforme entendeu o TSE no julgamento do AgR-REspe nº 177-23/RJ (rel. Ministro DIAS TOFFOLI, publicado na sessão de 29.11.2012).
Assim, ao analisar previamente a documentação apresentada, determino, de ofício, e sem prejuízo de outras diligências instrutórias, que o candidato seja intimado, com cópia deste despacho, para, no prazo de 03 (três) dias, providenciar o que segue abaixo:
a) informar se foi licenciado ou afastado das funções inerentes ao cargo de procurador de justiça do Ministério Público de Alagoas no período de 1º de setembro de 2013 a 4/4/2014, apresentando, em caso positivo, documentos que comprovem a informação; em caso de ter ocorrido qualquer evento dessa natureza (licença ou afastamento) naquele período, informar se o candidato auferiu subsídios do seu cargo de agente ministerial público, ou oriundo de outra instituição governamental e/ou se não recebera remuneração alguma;
b) cópia de documentos provenientes do FILIAWEB, que tratem da denominada lista/relação interna, em que conste eventual tentativa do PSDB de alterar ou ratificar a data de filiação do Sr. EDUARDO TAVARES para o dia 14/3/2014;
c) cópia de eventual documento protocolizado na Secretaria do TSE, do TRE/AL e/ou no Cartório Eleitoral da 20ª Zona (Traipu), em que o requerente ou o PSDB tenham, em qualquer dia dos meses de março a junho de 2014, informado ou reclamado à Justiça Eleitoral acerca da existência de “problemas operacionais” que tenham impedido ou dificultado o registro da filiação de EDUARDO TAVARES como ocorrida no dia 14/3/2014, no Sistema FILIAWEB; conforme noticiado às fls. 49-50 (Protocolo TRE/AL nº 10.479, de 10/7/2014, assinado pelo representante legal da Coligação UM NOVO JEITO DE FAZER (PSDB / PRB).
Por fim, faculto ao candidato e a sua coligação a apresentação de qualquer esclarecimento quanto a esses fatos, a ser exercida também em 3 dias.
Publique-se, intime-se e cumpra-se.
Maceió, 17 de julho de 2014.
ANDRÉ CARVALHO MONTEIRO
Quanto ao prazo de filiação partidária , recentemente publiquei aqui (http://wp.me/p2Awck-1K1) opinião do advogado Adriano Soares, especialista sem direito eleitoral, que reproduzo sinteticamente a seguir. Soares assegura que não há dúvidas sobre a elegibilidade de ET,
A partir daquela lei, quem filia é o partido, sem precisar de homologação da Justiça Eleitoral. Deixou a filiação de ser “extrapartidária” ou “exopartidária” para ser “intrapartidária” ou “endopartidária”. Deixou de existir o antigo regime de fichas de filiação homologadas para o regime das listas de filiação apenas INFORMADAS à Justiça Eleitoral, duas vezes ao ano: maio e outubro.
Se o partido deixa de informar corretamente as mudanças ocorridas nas listas anteriores, pode haver retificação a todo o tempo, bastando que haja prova de que houve omissão. E há provas. Então, pode haver o “jus esperniandi” de quem quiser, entrando com ação de impugnação de registro. Mas vai perder, porque o ato de ratificação da filiação foi correto. E fico à vontade para dizer isso, porque não sou advogado de Eduardo Tavares nessa eleição. O resto é, sinceramente, conversa para boi dormir. É isso, caro Edvaldo. Um abraço”
fonte gazetaweb
Mãe procura filho de sete anos que teria sido levado pelo paiSegundo ela, PM levou criança para passar final de semana, mas há 18 dias não dá notícias
Larissa Bastos
A contadora Marcela Lima da Silva, de 32 anos, vive um drama desde que o filho, Rhuan Costa, de apenas sete anos, foi levado pelo pai, o policial reformado Ezequias Cézar da Rocha, no último dia 4 de julho. Com o desaparecimento de 18 dias, um Boletim de Ocorrência (BO) já foi registrado pela mãe na Delegacia Especial de Crimes contra a Criança e o Adolescente.

Segundo ela, que tem a guarda do menino e está separada do PM há cerca de quatro anos, um juiz também expediu um mandado de busca e apreensão, mas o pai não tem residência fixa, o que atrapalha o cumprimento da ordem. Ela afirma ainda que a família paterna de Rhuan diz não sabe informar do paradeiro dos dois.

“Isso está dificultando, porque em todos os lugares ele dá como endereço o da mãe, como se morasse com ela e os irmãos, mas ele não mora lá, não está lá e não tem residência fixa para que o mandato seja cumprido. A gente não tinha contato, pois existe uma medida restritiva de que ele não pode chegar perto de mim, então nem o telefone dele tenho”, conta Marcela.

A mãe diz que Ezequiel pegou o filho no dia 4, na casa dela, na Ponta Grossa, apenas passar apenas o fim de semana. “Ele mandou o filho mais velho pegar o menino e disse que assistiria ao jogo do Brasil, passaria o final de semana e devolveria no domingo, já que segunda começavam as aulas, e até agora nada. Ninguém sabe do onde ele está e eu já não sei mais o que fazer.”

Marcela Lima diz que o pai e Rhuan se davam bem, mas que tem medo de que o policial tenha levado a criança para outro lugar do Brasil. “Estou aflita e tenho medo de que ele possa ter ido para outro estado. Já me disseram que ele estava em Maragogi, outros disseram que era em Pernambuco, mas não tenho ideia. Ele já havia passado uma semana sem me entregar meu filho, mas nunca tanto tempo assim”, relata.
fonte gazetaweb
Polícia diz que ordem para matar agente penitenciário partiu de presídioInvestigação tenta identificar, agora, os autores materiais do crime
Larissa Bastos

A Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) informou, nesta terça-feira (22), que identificou o autor intelectual do assassinato do agente penitenciário Naelson José dos Santos, de 37 anos, morto no último dia 16, em frente a uma padaria no Jacintinho. De acordo com coordenador da Delegacia de Homicídios, Cícero Lima, o crime foi encomendado de dentro de um presídio.

O autor intelectual seria um interno do sistema prisional alagoano. Já os autores materiais ainda estão sendo investigados e imagens do estabelecimento comercial, assim como de outros ao redor, podem ajudar a chegar aos criminosos. Os três ex-detentos ouvidos na última semana continuam como suspeitos.

O delegado Lucimério Campos, também responsável pelo caso, disse que ainda não dá para acusá-los apenas com base nos depoimentos tomados. “Eles foram ouvidos e, claro, negam, mas não está descartada a participação deles nesse crime. Se realmente foram os autores materiais ou não, não dá para definir com base nas oitivas”, disse.

Campos afirmou, porém, que a participação de Ivanildo Nascimento Silva, o Aranha – um dos maiores traficantes de Maceió e também acusado de ter praticado cerca de dez homicídios – no caso segue apenas como especulação. “Essa é uma especulação devido ao fato de ele ter sido solto um dia antes do crime.”

Naelson José dos Santos foi morto quando ia à Padaria Nossa Senhora de Fátima, na localidade conhecida como Piabas, no Jacintinho. Ele foi atingido por quatro tiros na cabeça, que teriam sido disparados por um dos dois homens que o aguardavam próximo ao estabelecimento. Os bandidos fugiram a pé.

O agente, que estava de folga no dia do crime, trabalhava no Centro Psiquiátrico Judiciário, mas já havia passado pelos Presídios Baldomero Cavalcanti e Ciridião Durval. Segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Jarbas Souza, que esteve no local do crime, a vítima havia relatado que vinha sofrendo ameaças.
fonte gazetaweb