Radio Antena FM

Radio Antena FM
(Clique na imagem e assista e ouça ao vivo)

Sindicato dos Trabalhadores

Sindicato dos Trabalhadores

sábado, 28 de março de 2015

Diretora ameaçada por mãe de aluno é afastada temporariamente no ParanáSecretaria de Educação confirmou afastamento neste sábado (28). Mãe de aluno ficou três dias presa; caso foi na terça (24), em Ponta Grossa.
G1
A diretora de uma escola municipal ameaçada pela mãe de um aluno foi afastada temporariamente do cargo pela Secretaria Municipal de Educação de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná. O afastamento foi confirmado pela secretaria neste sábado (28), e segue até a conclusão do procedimento interno de investigação.

Um vídeo divulgado pela secretaria, na sexta-feira (27), mostra a mãe de um aluno de 9 anos ameaçando a diretora de uma escola municipal de Ponta Grossa com uma faca.

A situação foi na tarde de terça-feira (24) e a mulher foi presa em flagrante pela Polícia Militar (PM) por ameaça, desacato e danos ao patrimônio público. A mulher ficou enfurecida, após saber que o filho tinha desaparecido na hora do recreio, por volta das 15h.

A mãe, Cintia Ferreira da Silva, foi chamada à escola e informada que o estudante tinha fugido com um colega de 8 anos por um buraco na grade ao redor da escola. Ela foi até a sala da direção e começou a discutir com a diretora. A situação foi filmada por uma funcionária da escola.

O vídeo mostra a mulher falando palavrões aos servidores. “Se meu filho não aparecer, eu te mato”, dizia a mãe do aluno. Cintia tirou uma faca que estava dentro da bolsa e foi contida pela mãe do outro estudante que também tinha sumido. A mulher ainda bate na mesa da diretora e derruba dois armários com materiais escolares.



As crianças foram encontradas ainda na terça-feira, por volta das 23h. Segundo a moradora Edinéia Pontes, que ajudou nas buscas, os estudantes estavam assustados e sujos. “Eles estavam com medo porque disseram que um homem passou a cavalo e ameaçou os meninos”, disse. Testemunhas contaram à polícia que as crianças saíram da escola para brincar de bola e se perderam em um matagal.

Mãe diz que não se arrepende
Cíntia estava na cadeia Hildebrando de Souza, em Ponta Grossa, e foi solta na sexta, após conseguir liberdade provisória. Ela alegou que ficou nervosa porque o filho sumiu enquanto estava na escola. “Eu entrei e fui pra cima dela. Cadê a responsabilidade da escola? Não me arrependo nem um pouco”, afirma.

O advogado de Cíntia, Gidalte de Paula Dias, diz que a mãe tinha levado a faca para afiar e, por isso, estava dentro da bolsa. “Nada foi feito premeditadamente”, acrescentou. Ele diz ainda que Cintia ficou irritada pelo desaparecimento e porque foi agredida verbalmente pelos funcionários da escola.

Secretaria vai reforçar segurança
A direção da escola não quis dar entrevista, mas a Secretaria Municipal de Educação enviou nota informando que o buraco na grade foi feito por vândalos, e que a direção agiu corretamente ao avisar o Conselho Tutelar, a Guarda Municipal e a Polícia Civil sobre o desaparecimento das crianças.

“Em decorrência da situação em questão, a Secretaria de Educação se reunirá com a Patrulha Escolar na próxima segunda-feira (30) para intensificar a segurança dos alunos na escola municipal. Além disso, professores e a equipe pedagógica também foram orientados a manter os portões sempre trancados e verificar a ocorrência de novas aberturas no alambrado que cerca o prédio”, informou a Secretaria em nota.

‘Gangue dos Pipocas’ escolhe vítimas ao acaso para espancamento

Record MinasApós as agressões, Vitorino Dias de Souza precisará fazer uma cirurgia no maxilar; ele está internado e tem dificuldade para falar
Após as agressões, Vitorino Dias de Souza precisará fazer uma cirurgia no maxilar; ele está internado e tem dificuldade para falar
Um homem foi brutalmente agredido por um grupo de adolescentes conhecido como “Gangue dos Pipocas” em Conselheiro Lafaiete, região central de Minas. O grupo escolhe a vítima ao acaso para começar a espancar.O crime aconteceu na rodoviária do município e a vítima foi salva por dois taxistas.
Após as agressões, Vitorino Dias de Souza, de 44 anos, passou a apresentar dificuldades para falar e precisará passar por uma cirurgia no maxilar. Ele está internado em uma unidade de saúde da cidade e não tem previsão de alta.
— Isso é uma covardia.
De acordo com testemunhas, Souza foi abordado pelos menores quando saía do banheiro do terminal e foi agredido até ficar desacordado. Ele acredita que só não morreu por causa da ação dos taxistas,
Mas, esta não é a primeira vez que os adolescentes praticam atos criminosos na região e a população já vive com medo. Segundo moradores, os menores saem em grupos para aterrorizar as pessoas e já estão sendo investigados pela Polícia Civil.
De acordo com o delegado Daniel Gomes de Oliveira, os adolescentes geralmente agem em dupla ou trio e abordam cidadãos indefesos. Alguns já chegaram a ser detidos algumas vezes, acabam liberados.
— Já foram apreendidos com facas, com armas de fogo, e estão envolvidos nos mais variados tipos de ocorrência, desde lesão corporal até tentativa de homicídio.
Mas, apesar da situação de insegurança e impunidade vivida na cidade, o delegado garante que está trabalhando para desmantelar o grupo.
— A Gangue dos Pipocas realmente está com os dias contados. A Polícia Civil está concluindo esses inquéritos de maior gravidada para dar uma satisfação para a população.

Acusado é detido durante assalto a ônibus

Um homem foi detido acusado de roubar um ônibus de transporte coletivo nas imediações da Avenida Durval de Góes Monteiro, no Tabuleiro dos Martins, em Maceió.
A ocorrência foi registrada na tarde deste sábado, 28, e, de acordo com a polícia, Robson José da Silva, de 31 anos, os PMs teriam apreendido um revólver 38 e aproximados R$ 130, em espécie.
Ainda de acordo com a polícia, uma guarnição foi informada por um motociclista sob um assalto em andamento a um ônibus da empresa Veleiro.
Durante a abordagem o acusado ainda tentou foragir do local, mas foi detido pela guarnição e conduzido para a Central de Flagrantes, no bairro do Farol.

Operação integrada apreende quase 87 kg de drogas no conjunto Henrique Equelman

Por Redação com Ascom PM/AL
Foto: Ascom PM/AL
Drogas e balança de precisão foram apreendidas na operação
Uma operação integrada apreendeu na noite de ontem (27),  86,5 kg de drogas, no conjunto Henrique Equelman. Policiais militares  e a Secretaria de Defesa Social e Ressocialização de Alagoas (Sedres)  receberam uma denúncia anônima  e conseguiram apreender 83,7kg de maconha, 8,320kg de crack e 400g de cocaína, além de uma balança de precisão e outros objetos usados para o comércio de entorpecentes.
O proprietário da residência  - onde as drogas foram encontradas – conseguiu fugir antes da chegada da polícia.
Para o comandante da PMAL, coronel Lima Júnior, o sucesso da operação só foi possível devido aos levantamentos feitos inicialmente pelo serviço de inteligência, bem como pela participação atuante da população, feita através da denúncia.
“Ao longo dos anos as denúncias feitas através do número “181” salvaram vidas, esclareceram crimes e ajudaram aos órgão de Segurança Pública retirar de circulação drogas, armas e indivíduos envolvidos nos mais diversos crimes”, ressaltou Lima Júnior.
O material apreendido foi encaminhado para a Central de Flagrantes III, no bairro do Benedito Bentes, para os procedimentos cabíveis.

Mulher encontra recém-nascida enterrada viva

Por Redação com Todo Segundo
300http://adclick.g.doubleclick.net/aclk%253Fsa%253DL%2526ai%253DBemzx3ysXVYDSEsrQfJamgNgC6ruK-gUAAAAQASC-lZQQOABY6rqe7uMBYM2AgIDcArIBEWNhZGFtaW51dG8uY29tLmJyugEKMzAweDI1MF9hc8gBCdoBX2h0dHA6Ly9jYWRhbWludXRvLmNvbS5ici9ub3RpY2lhLzI2NjQwMi8yMDE1LzAzLzI4L211bGhlci1lbmNvbnRyYS1yZWNlbS1uYXNjaWRhLWVudGVycmFkYS12aXZhqQL5nsZdFbeUPsACAuACAOoCIC84MjM4NTYyL0NhZGFtaW51dG9fMzAweDI1MF9Ib21l-AL_0R6AAwGQA5wEmAOcBKgDAeAEAaAGFtgHAA%2526num%253D0%2526sig%253DAOD64_0_tZbBepbdly92Qny_66vZq7tTLw%2526client%253Dca-pub-0979161780160664%2526adurl%253D
Uma recém-nascida foi enterrada viva no início da noite de ontem (27), no Sítio Lagoa da Canafistula, zona rural de Palmeira dos Índios. De acordo com a Polícia Militar, a menina teria sido enterrada logo depois do parto.
Segundo informações da PM, a criança foi encontrada com vida e enterrada em uma cova rasa coberta com palha de milho e feijão, além de pedaços de madeira. A menina teria sido salva por uma mulher identificada como Vera Lúcia Vieira da Silva, que mora próximo ao local e ouviu a bebê chorar.
A criança foi socorrida e encaminhada às pressas para o Hospital Regional Santa Rita, onde está internada na Maternidade Santa Olímpia. Segundo a assessoria da unidade hospitalar, a menina chegou com restos de placenta, suja de areia e com dificuldade na respiração, mas seu estado de saúde é estável.
Ainda segundo a PM, ninguém no local soube informar quem seria a mãe da menina. A suspeita é de uma adolescente de 16 anos, que teria tentado esconder a gravidez.
Segundo o agente civil Pedro Tenório, chefe de serviço da equipe do delegado Elvis Brasil, titular da delegacia de Igaci, caso a mãe da criança seja localizada, ela deve ser indiciada por abandono de incapaz e tentativa de homicídio.

Programa Moradia Legal II vai regularizar moradia de centenas de famílias

Por Assessoria
Assessoria
Acompanhado por gestores dos municípios de Mata Grande, Inhapi, Marechal Deodoro, São José da Tapera, Delmiro Gouveia, Pão de Açúcar, Poço das Trincheiras e Cacimbinhas, o Prefeito de Maragogi, Henrique Madeira, assinou a última terça-feira (24), um termo de adesão ao programa Moradia Legal II, que tem o intuito de regularizar a documentação de imóveis de cidadãos de menor poder aquisitivo. A iniciativa é da presidência do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) e da Corregedoria Geral da Justiça (CGJ/AL).
Para o presidente do TJ/AL, desembargador Washington Luiz Damasceno Freitas, essa ação, além de ser uma atividade de cidadania, possibilita a regularização dos imóveis que não possuem escritura. Trazendo vantagens não apenas para os moradores, mas contribuindo para a arrecadação de impostos dos munícipios envolvidos no projeto.
Com a assinatura do convênio, o município ficará responsável pelo serviço de topografia e em disponibilizar um servidor municipal e um computador para o cartório durante o processo de regularização dos imóveis. Os primeiros títulos de posse devem ser entregues em até 90 dias após a implantação do projeto. "Nada é mais confortável para uma família do que ter a segurança de que aquela propriedade lhe pertence. Quem tiver seu imóvel regularizado, poderá tomar empréstimo para melhorias habitacionais e até transferi-lo legalmente por venda ou herança, com anuência da Prefeitura", afirmou Madeira.
Ainda segundo ele, a Prefeitura contará com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social, para fazer um levantamento das famílias que serão beneficiadas. “Toda a população de menor poder aquisitivo que estiver com seu imóvel sem escritura, será contemplada. Faremos um mapeamento de todo o município para darmos início ao projeto”, concluiu o gestor.

Chupa-cabra é encontrado por cliente em terminal eletrônico

Por Redação
Marechal Notícias/Arquivo/Cortesia
Um cliente do Banco do Brasil – que não teve o nome revelado – encontrou, neste sábado (28), um chupa-cabra em um dos caixas eletrônicos da instituição, em Marechal Deodoro.
O equipamento copia dados do cartão do cliente. A Polícia Militar de Alagoas foi acionada. O chupa-cabra foi levado à Central de Flagrantes, no bairro do Farol, em Maceió.
A Polícia Civil diz que as imagens do circuito interno podem ajudar a chegar à pessoa que colocou o equipamento no terminal eletrônico.