Radio Antena FM

Radio Antena FM
(Clique na imagem e assista e ouça ao vivo)

Sindicato dos Trabalhadores

Sindicato dos Trabalhadores

quinta-feira, 30 de junho de 2016


Polícia vai ouvir ex-namorado de garota morta com tiros na parte íntima no Rio



Adolescente foi encontrada morta com tiros na parte íntima
Adolescente foi encontrada morta com tiros na parte íntima Foto: reprodução da internet / Reprodução Facebook

A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) vai chamar o ex-namorado de Kelly Gisele da Silva, de 15 anos, para prestar depoimento sobre a morte da adolescente. Ela foi encontrada morta na tarde desta terça-feira, em Queimados, na Baixada Fluminense, com cerca de dez tiros nas partes íntimas. A família da vítima suspeita de que esse ex-namorado, que é militar, seja o responsável pelo assassinato.
Apesar disso, o delegado do caso, Evaristo Pontes, confirmou que o suspeito apontado pelos parentes estava no quartel no momento do crime. Entretanto, o militar será chamado para depor com o objetivo de dar mais esclarecimentos sobre seu envolvimento com Kelly.
— A vítima levou muitos tiros nas pernas e, principalmente, na região da vagina. Já ouvi muitas testemunhas no local do crime e não dá para descartar nenhuma linha de investigação no momento. O suspeito apontado pela família realmente estava no quartel na hora do crime, como já consegui comprovar. Mas, vou chamá-lo para depor para esclarecer algumas dúvidas — declarou o delegado Evaristo Pontes.
Uma das outras linhas de investigação da DHBF é de algum desentendimento de Kelly com o tráfico da região. Testemunhas contaram para a polícia que ela já teria se relacionado com um traficante.
Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte da jovem com mensagens de luto e trechos de músicas evangélicas. A garota será enterrada na manhã desta quinta-feira no cemitério Vale da Saudade, no bairro São Sebastião, em Queimados. Não haverá velório.


Kelly tinha 15 anos e foi morta brutalmente
Kelly tinha 15 anos e foi morta brutalmente Foto: reprodução da internet / Reprodução Facebook


— Era uma garota boa. Bonita. Vaidosa como todas as meninas da idade dela. Uma tragédia isso — afirmou Miguel Novais.
A DHBF pede que quem tenham informações sobre o autor do crime ou alguma pista que entre em contato com o Disque-Denúncia através do telefone 2253-1177.

Fonte: Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário